Semiótica do consumo

Nesta entrevista o publicitário Bruno Pompeu, um dos sócios-fundadores da Casa Semio, analisa a criação de significados na mídia para gerar consumo. Ele discorre sobre a forma que a publicidade atua no meio midiático e seus resultados, e apresenta as reverberações das campanhas embasadas no Pink Money e os riscos para essa forma de publicidade, uma vez que tem o perigo de que “as causas fiquem apenas circunscritas ao universo do consumo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *