A reflexividade dos fios expostos: contra-hegemonia no documentário Laerte-se

Por Juliana Gusman. Embora tímida, Laerte Coutinho é uma figura midiática intensamente explorada. Para além de seu prestígio profissional, sua transgeneridade lhe rendeu reportagens, capas de revistas e entrevistas em diversos programas de televisão. Em 2017, tornou-se alvo da câmera de Eliane Brum e Lygia Barbosa da Silva, diretoras e roteiristas do documentário que transforma…

Ambiguidades do culturalismo conservador em “Pega Pega”

Novela da Rede Globo fez críticas a perspectivas da elite no Brasil, mas acabou por reproduzir a ideia da corrupção generalizada como DNA brasileiro. Por Ester Caroline Rodrigues Pinheiro. A televisão constitui um âmbito decisivo do reconhecimento sociocultural do desfazer-se e do refazer-se das identidades coletivas, tanto as dos povos como as de grupos. A…

Distopia e opressão de gênero: “The Handmaid’s Tale”

Baseada no livro homônimo da canadense Margaret Atwood, romance distópico publicado em 1985, a série “The Handmaid’s Tale” estreou em 2017, no serviço de streaming Hulu. Aclamada pela crítica, a produção já ganhou vários prêmios: oito prêmios Emmy, em 2017, e dois Golden Globes, em 2018. O mundo de “The Handmaid’s Tale” se passa em…

Jornalismo alternativo brasileiro: a produção da notícia como iniciativa em economia solidária

Por Elisangela Colodeti RESUMO: Este ensaio trata do papel do jornalismo contra hegemônico brasileiro, no atual contexto de avanço das políticas neoliberais. Num país onde se vive uma democracia de baixa intensidade e pouco participativa, no qual a distância entre representantes e representados cresce na mesma medida em que o ideal capitalista se edifica enquanto…

Eu não gosto de Black Mirror

Por Gloria Gomide. Não há como negar que as séries são o melhor formato ficcional adaptado à televisão ‒ difusão regular e pacto com o espectador visto que sua narrativa cumpre a promessa pragmática de regresso. Como nos antigos folhetins do século XIX, vê-se, portanto que o seriado é sempre composto de uma mesma fórmula.…

O diálogo sobre o outro e sua subjetividade na reportagem

Por Roberto Barcelos. A sensibilidade aliada à ética é um ponto de embate importante para a jornalista Fabiana Moraes, vencedora do Prêmio Esso de Reportagem em 2011 com o trabalho “O Nascimento de Joicy”. Durante cinco meses de acompanhamento da repórter com a cabeleireira Joicy, nascida no agreste de Pernambuco, que, aos 51 anos, decidiu…

Homossexualidade no cinema: realidades em conflito

Por Roberto Barcelos. Pensar sobre cinema é analisar como representações influenciam espectadores e formas de significar o mundo. Em espaços alternativos às produções realizadas pelo audiovisual televisivo, assuntos considerados tabus para muitos são tratados com uma visão crítica e delicada por diretores e roteiristas. Logo, o gay no cinema e suas diversas facetas podem ser…